SEJA BEM VINDO(A)!

Espero que este blog possa abençoar a sua vida! Um grande abraço.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

TRABALHANDO COM CRIANÇAS SURDAS


O trabalho com crianças surdas é muito específico e ao mesmo tempo semelhante, quando se treta de alfabetização ou de se introduzir um aluno no mundo letrado. Uma criança surda, esse é o jeito correto para se referir as pessoas que não ouvem, não se diz surdo mudo, ou mudo, não é correto falar assim pois as pessoas surdas ou pessoas com surdez, só não falam por que não ouvem, a maioria não apresentam nenhum comprometimento fonológico, são muito inteligentes e raciocinam como qualquer outra criança, sendo aconselhável portanto, ser usado na alfabetização delas, o mesmo processo didático pedagógico das crianças ouvintes. O que vai diferenciar são os recursos usados para que o aluno surdo perceba a língua portuguesa e compreenda-a em suas nuances. O MEC em 2010, elaborou um fascículo sobre este assunto e dispõe que as crianças surdas precisam ser alfabetizadas de forma bilíngue, ou seja, em português e em LIBRAS(Língua Brasileira de Sinais). Contudo, o ensino dessas duas línguas não poderá ser simultâneos e sim separadamente, ocorrendo um em cada momento específico. Sabemos que para se compreender uma língua é preciso ouvi-la, então como ensinar Português para a criança surda? Têm-se que partir dos sentidos restantes do aluno, usar recursos visuais mostrando-lhe com figuras, desenhos ou concretamente aquilo que estamos ensinando. EX: se queremos que a criança aprenda em Português a reconhecer as letras do alfabeto, utilizamos o mesmo método que fazemos para as crianças ouvintes - apresentamos a letra com uma figura ao lado, podemos também colocar a letra em datilologia (alfabeto manual), cada letra deverá ser apresentada dentro de um contexto para que ela tenha sentido, o professor terá que ser paciente e usar muitas palavras, objetos, figuras com a mesma letra para poder introduzir outra letra ou palavra ou outra coisa que estiver trabalhando, só deverá partir para algo novo quando tiver certeza de que o aluno compreendeu. Eu particularmente alfabetizei um aluno surdo há alguns anos usando libras, datilologia e português simultaneamente, contrariando as recomendações do MEC, mas cada caso é um caso. Os sentidos restantes da pessoa com surdez são visão, tato, paladar e olfato todos deverão ser bem explorados e o professor tem que estar ciente disso, entre estes a visão é o sentido que deverá ser mais explorado, visto que o aluno surdo percebe imediatamente o mundo através dele. O professor deverá estar de frente para o aluno de maneira que ele perceba bem o movimento dos lábios quando o som estiver sendo pronunciado e este deverá ser feito devagar e bem articulado para que o aluno perceba com nitidez sua pronúncia. Crie cartelas visuais com figuras, letras, datilologia e com frases também referentes aquilo que se está ensinando. Procure experienciar o que puder, na prática, concretamente, para que o aluno perceba realmente e chegue a compreensão total.

5 comentários:

  1. Olá!
    Estou atualmente lecionando na SRM e vou receber um aluno surdo, cursa o 6º ano, ainda não conheço suas habilidades, mas gostei das dicas.

    ResponderExcluir
  2. Oi,boa tarde,já trabalhei com crianças sudas,e é muito gratificante,gostaria de voltar novamente,mais não sei por onde começar a procurar,moro no rio de janeiro em campo grande.claudiaferreirasiva1965@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, sou professora de tres alunos surdos q estao na quarta serie, e eu gostaria muito q eles aprendesem a ler, mas ainda n conseguir... se algum tiver uma dica eu iria ficar muito grata

    ResponderExcluir
  4. alunos surdos são alfabetizado na sala de recurso por um profissional que saiba libras e seja formado em língua portuguesa. o aluno surdo não é alfabetizado com o ouvinte,utiliza-se bastante imagens porque diferente do aluno ouvinte ele não junta silabas, mas memoriza a palavra inteira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alunos surdos pode sim ser alfabetizados com alunos ouvintes assim eles serão alunos surdos oralizados

      Excluir